sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Filmes assistidos no mês de Outubro Parte 2

Não esperei muito desse filme, as críticas não foram muito boas, mas mesmo assim resolvi assisti, não criei expectativas e realmente ele não é tão bom quanto o primeiro e na verdade, também não gostei tanto do segundo. Mas é um filme que dá pra assisti.

Alan (Zach Galifianakis) está deprimido devido à morte de seu pai. Preocupado com o cunhado, Doug (Justin Bartha) sugere que ele vá até um lugar chamado New Horizons, que pode torná-lo um novo homem. Alan apenas aceita a sugestão após Phil (Bradley Cooper) e Stu (Ed Helms) concordarem em levá-lo, juntamente com Doug. É o início de uma nova viagem do quarteto, que acaba sendo interrompida bruscamente pelos capangas de Marshall (John Goodman). O malfeitor está atrás de Chow (Ken Jeong), que lhe aplicou um golpe milionário, e acredita que os amigos ainda possuam contato com ele. Após sequestrar Doug, Marshall dá a Alan, Stu e Phil um prazo para que encontrem Chow e devolvam as barras de ouro por ele roubadas, caso contrário todos morrerão. O que o trio não esperava era que, para reencontrar Chow, teria que ir até Tijuana, no México, e também em Las Vegas.


Ameeeii! Lindo filme, o que ele faz para salvar a filha... Triste, emocionante, lindooo! Eu falei que não assistiria mais filmes com Paul, ele faleceu, aí fico vendo o filme e lembrando e fico com dó..!! Coisas minha! (rsrs) Mas, ainda bem que vi esse filme, ele está surpreendente! Vejam, espero que gostem também!


Nova Orleans, agosto de 2005. Nolan (Paul Walker) leva Abigail (Genesis Rodriguez), sua esposa que está grávida, a um hospital em Nova Orleans. Abigail tem complicações no trabalho de parto e acaba não resistindo. O bebê nasce prematuro e precisa ser mantido em uma incubadora. Algumas horas mais tarde, o furacão Katrina chega à cidade e atinge o hospital, deixando o prédio sem energia. Apesar do perigo de continuar lá, Nolan não poderá sair do hospital, já que se a filha depende da ventilação da incubadora para sobreviver. O rapaz arriscará a própria vida em busca de um gerador de energia e comida e ainda precisará protegê-los contra os saqueadores.






Muito bom! Um filme de quase 3hr, que te prende e você mal sente a hora passar. 

Boston, Estados Unidos. Keller Dover (Hugh Jackman) leva uma vida feliz ao lado da esposa Grace (Maria Bello) e os filhos Ralph (Dylan Minnette) e Anna (Erin Gerasimovich). Um dia, a família visita a casa de Franklin (Terrence Howard) e Nancy Birch (Viola Davis), seus grandes amigos. Sem que eles percebam, a pequena Anna e Joy (Kyla Drew Simmons), filha dos Birch, desaparecem. Desesperadas, as famílias apelam à polícia e logo o caso cai nas mãos do detetive Loki (Jake Gyllenhaal). Não demora muito para que ele prenda Alex (Paul Dano), que fica apenas 48 horas preso devido à ausência de provas contra ele. Alex na verdade tem o QI de uma criança de 10 anos e, por isso, a polícia não acredita que ele esteja envolvido com o desaparecimento. Entretanto, Keller está convicto de que ele tem culpa no cartório e resolve sequestrá-lo para arrancar a verdade dele, custe o que custar.




Ameeiii! (rsrs) Amo filmes assim, sou meio suspeita para falar, mas gosto demais dele!

Quando várias criaturas monstruosas, conhecidas como Kaiju, começam a emergir do mar, tem início uma batalha entre estes seres e os humanos. Para combatê-los, a humanidade desenvolve uma série de robôs gigantescos, os Jaegers, cada um controlado por duas pessoas através de uma conexão neural. Entretanto, mesmo os Jaegers se mostram insuficientes para derrotar os Kaiju. Diante deste cenário, a última esperança é um velho robô, obsoleto, que passa a ser comandado por um antigo piloto (Charlie Hunnam) e uma treinadora (Rinko Kikuchi).




Jenko (Channing Tatum) e Schmidt (Jonah Hill) estudaram juntos, mas jamais foram amigos. A situação muda quando se reencontram na academia de policiais, onde passam a ajudar um ao outro. Já formados, se envolvem em uma confusão ao tentar realizar a prisão de um traficante de drogas, que atuava no parque onde trabalhavam. Remanejados para uma divisão comandada pelo capitão Walters (Ice Cube), onde jovens policiais trabalham infiltrados, eles recebem a missão de desvendar quem é o fornecedor de uma nova e perigosa droga. De volta ao ambiente escolar e atuando sob nomes falsos, Jenko e Schmidt precisam se acostumar aos novos tempos sem perder o foco na tarefa que lhes foi incumbida.


Depois de seu envolvimento em diversas atividades criminosas, Jacob Sternwood (Mark Strong) refugia-se na Islândia, para ficar longe dos policiais britânicos. Mas quando seu filho se envolve em um sequestro mal-sucedido, ele é obrigado a voltar a Londres para resolver a situação. Este retorno é a grande oportunidade para o detetive Max Lewinsky (James McAvoy), que sempre perseguiu Jacob, finalmente capturá-lo.



A história de Billy Beane, gerente geral do time de beisebol Oakland A e sua tentativa bem sucedida de reduzir o orçamento do clube usando um programa de computador para escolher seus jogadores.



GOSTOU DO BLOG? SIGA-NOS (VÁ EM: PARTICIPAR DESTE BLOG) E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK.

DEIXE TAMBÉM SEU COMENTÁRIO NO POST! 

terça-feira, 28 de outubro de 2014

4 temperamentos


Tem raiva de tudo? Briga por qualquer motivo? Não tem facilidade em perdoar? Chora por qualquer coisa, até com comercial de margarina? Vive sorrindo? Ora ta bem humorado, ora não quer ver ninguém? E aí? Sabe qual o seu temperamento?

O que são? Qual o sentido de estudá-los e compreendê-los? Porque são em número de 4? Na antiguidade, os temperamentos, ou o conjunto de fatores constituintes de uma personalidade, estavam ligados aos humores; a predominância de um ou outro designava um tipo específico.

O homem é um ser infinitamente complexo. O temperamento é uma faceta, a atitude da alma expressa no corpo; é ligado ao lado dela que se relaciona com o mundo, que vai em direção ao outro.
O Eu, que é nossa verdadeira essência, utiliza do temperamento como um meio de expressão de si mesmo. O temperamento é uma forma de compreensão entre as pessoas e é nesse espaço que ele se dá, ou seja, no espaço essencialmente humano.
Saiba mais  na BIBLIOTECA VIRTUAL


Temperamento Colérico
O colérico vive na ação. Ele quer realizar, atingir seu objetivo. Faz de si mesmo a imagem do herói. Se você pede para ele te contar o que aconteceu no fim de semana, ele vai contar a história de um problema que resolveu, ou um desafio que venceu.
Fisicamente ele tem duas características bem marcantes. Os olhos cheios de fogo (fogo é seu elemento) faíscam quando contrariados e um andar de passos firmes; costuma bater seu calcanhar no chão. Na praia é fácil identificá-lo. Ele vai caminhando e deixando as marcas de seus calcanhares. O tipo puro, se existisse, seria um baixinho “invocado”.
Como lidar com coléricos? Algumas dicas:
Não abaixe o olhar para ele. Não é fácil com aqueles olhos fuzilantes. Mas se você o fizer, ele pode perder o respeito por você.
Enfrente-o, mas sem brigar. Olhe nos olhos dele, coloque seus pontos de vista calmamente e com firmeza. Fale num tom um pouco mais baixo que o dele. Se não, ele vai subir o tom e logo vocês estarão gritando.
Não tenha medo do chilique que ele possa dar. Ele esquece rapidamente e o mais provável é que ele passe a respeitá-lo mais. E se não mudar de opinião na hora, ele mudará depois, quando se acalmar.
Sanguíneo
Andar saltitante, leve. Olhos vivos, interessados, com um rosto muito expressivo. Extrovertido, vive fora de si. Suas qualidades são agilidade, flexibilidade, inovação. Se você lhe pede uma ideia, ele lhe dá cinco. É aquele tipo que lê a orelha de um livro e sai dando palestra. Inteligentes, rápidos, conhecem todo mundo, são amigos de todos. Difícil conflitar com eles; são muito escorregadios.
Distraídos, cheios de interesses dos mais variados. Nossa sociedade hoje é muito sanguínea, por isso é tão valorizada. Faz várias coisas ao mesmo tempo. É a última a chegar na reunião e a primeira a sair. Uma boa imagem do tipo sanguíneo é o estereótipo do brasileiro: amigável, criativo, flexível, festeiro, dá um jeitinho em tudo. Deixa tudo para última hora, não planeja.
Como lidar com este tipo?
A princípio não dê tarefas de longo prazo e só faça follow-up no final. É provável que ele não tenha feito o que você pediu e ainda te convença de que o que ele fez no lugar foi muito melhor.
Dê-lhe atividades diferentes, liberdade para inovar. Procure conhecê-lo muito bem em termos pessoais. Quando você atravessa essa primeira capa de superficialidade e faz um contato mais profundo, perceberá que eles são capazes de desenvolver admiração genuína pelas pessoas.
Fleumático
Pessoas fleumáticas ou que têm fleuma possuem um andar pesado e ritmado. Olhos amigáveis, cara simpática. Tendem mais para o sobrepeso. Seu lema é “devagar e sempre”. Aí está sua força. São capazes de manter um esforço constante, por um longo tempo. Geram resultados sólidos e consistentes. Diante das crises, mantêm a calma e seguem o seu ritmo.
Como lidar com um fleumático?
A primeira dica é não tentar acelerá-lo! É contra produtivo. Ele vai se atrapalhar. Dê uma tarefa com horário pré-determinado e de qualidade. No horário combinado ela estará pronta. Se você ficar fazendo follow-up, ele vai se atrapalhar e não vai conseguir.
Eles gostam de ritmo/rituais, isto os fortalece. Marque reuniões de monitoramento com antecedência, tenha uma rotina com ele.
Melancólico
O tipo puro (para efeito didático) teria ombros caídos, andar arrastado, olhos tristes, aparência envelhecida.
A grande qualidade do melancólico é a profundidade. Enquanto nosso amigo sanguíneo leu a orelha do livro para dar a palestra, este leu dez livros. Se for para falar por cinco minutos, ele está preparado para falar por horas.
É pessimista, ótimo para ver tudo que pode dar errado naquele projeto. É muito crítico consigo e, em consequência, com os outros e as coisas. Faz diagnósticos como ninguém, gosta de encontrar a causa raiz do problema.
Não se contenta com os sintomas. É capaz de grandes sacrifícios e dedicação a alguém ou a uma causa.
Tem poucos amigos, mas é extremamente leal aos que tem e os mantém por toda a vida.

 Todos nós temos os quatro temperamentos. Um mais preponderante, o outro um pouco menor, um terceiro menor ainda e o quarto residual.
Mas, ao conhecer melhor o seu temperamento, será mais fácil entender o seu padrão de pensamento e de ação, mais provável e/ou natural, em determinadas situações. Assim, você poderá mudar o padrão, de acordo com a situação específica.
O temperamento, em si, mudamos pouco ao longo da vida.
Crianças tendem a ser mais sanguíneas. Conte uma história para uma criança e observe o seu rosto se transformando a cada cena, preenchido de “sanguinidade”.
Adolescentes tendem a ser mais coléricos. Adultos, mais melancólicos, e, idosos, fleumáticos. Se você quiser provocar um motim no asilo, mude o horário da refeição. Ou, chegue atrasado para a macarronada da nona no domingo.
À medida que envelhecemos, vamos ganhando certo distanciamento das coisas. Mas, Rudolf Steiner resume bem o desafio que temos. Ele diz que, devemos estudar como um melancólico, nos interessar pelo mundo como um sanguíneo, fazer as coisas como um colérico, e, enfrentar as vicissitudes da vida como um fleumático.

Saiba mais Aqui - ADIGO

Faça o teste no EDUCAMAIS e saiba qual o seu temperamento.
Kelly Leal



GOSTOU DO BLOG? SIGA-NOS (VÁ EM: PARTICIPAR DESTE BLOG) E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK.


DEIXE TAMBÉM SEU COMENTÁRIO NO POST! 

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Testemunho - Sarah Sheeva

Olá pessoal!

Começando muito bem a semana!
Ontem, passeando pelo Youtube, encontrei esse lindo testemunho da Sarah, postei ontem na Página do face e resolvi postar aqui também para que vocês vejam.

Bjks!


Sarah Sheeva é Cantora, Compositora, Escritora, Missionária e Pastora Aspirante.
Filha de dois grandes nomes da música brasileira, Pepeu Gomes e Baby do Brasil, Sarah iniciou sua carreira em 1991, nos bastidores da música como figurinista e depois se tornou desenhista de alta costura. Também em 1991 Sarah teve sua filha Rannah Sheeva, que hoje a acompanha no Ministério.

Ela foi a primeira de sua família a se converter ao Evangelho de Cristo, em Outubro de 1997 no Rio de Janeiro, quando sozinha em seu quarto teve uma experiência sobrenatural com Cristo. Após aquela forte experiência, Sarah passou a orar e interceder por sua mãe, e por toda a sua família. Dois anos depois, sua mãe, Baby do Brasil, teve sua experiência de conversão que impactou a nação brasileira, fruto de muita intercessão de Sarah e de seus pastores, um detalhe pouco conhecido pelo público. Sua mãe tem um ministério próprio, desvinculado do ministério de Sarah. Toda a sua família e sua parentela tem sido alcançada no tempo de Deus.
Sarah Sheeva tem um ministério missionário, de edificação da igreja na Palavra (desde 2003), ela ministra Congressos de Santificação por todo o Brasil, e também está à frente da campanha “Culto das Princesas” ou Culto das Solteiras.

O objetivo do Ministério Sarah Sheeva é edificar a Igreja de Jesus Cristo de uma forma abrangente, levando Palavras de Libertação, Cura e principalmente Santificação, para então alcançarmos cada vez mais almas para o Reino de Deus.








GOSTOU DO BLOG? SIGA-NOS (VÁ EM: PARTICIPAR DESTE BLOG) E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK.

DEIXE TAMBÉM SEU COMENTÁRIO NO POST! 

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Não finjo ser quem não sou...



Não sei mentir, não sei enganar, não sei disfarçar...
Reflito aquilo que sou...
Demonstro em minhas expressões, mas nem sempre através das palavras...
Sou fácil e poucas vezes difícil...
Sou suave, leve, impaciente e paciente...
Poucas vezes sou um furação... TPM!
Sou tudo e um pouco de tudo e muitas vezes não sou nada...

As vezes gosto de ficar só, calada, em meus pensamentos...
Falo pouco, me envolvo pouco...

As vezes me preocupo com o que acham e na maioria das vezes não...
Sei quem sou e quem poderei ser...
Sei minhas limitações e sei que poderia ser melhor..

Tenho minhas certezas e convicções...
Minhas próprias reflexões...

Poderia saber mais, aprender mais... As vezes sinto falta!

Poderia me envolver mais...

O que me impede? Aquilo que sou ou que não sou?

Não sei!

Vivo, sinto, amo... Essa sou eu! Um pouquinho de mim...


Kelly Leal




GOSTOU DO BLOG? SIGA-NOS (VÁ EM: PARTICIPAR DESTE BLOG) E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK.

DEIXE TAMBÉM SEU COMENTÁRIO NO POST! 

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Filmes assistidos no mês de Outubro/2014 Parte 1

Nada como deitar no meu sofá, junto com meu marido e assisti um bom filme, quem não gosta? Sou fã!
Mas não são todos os filmes que vejo, nada de terror, suspense, guerra. 
Amo filmes de comédia, animação, fantasia, ficção científica, ação, heróis, romance, musical e as vezes, drama. Enfim, amo filmes!
Então, vou colocar para vocês os filmes que assisti no mês, na verdade eu iria fazer um post mas ficaria um post muito grande, então, colocarei 2 vezes os filmes que terei assistido durante o mês.


Amei esse filme! Muitooo bom!

Desde o secundário que o solteirão Ronny e o feliz casado Nick, são como "unha e carne". Agora sócios de uma empresa de design automóvel, os dois amigos lutam para implementar um projecto de sonho de forma a lançar a sua empresa. Com a namorada de Ronny, Beth, e a mulher de Nick, Geneva, ao lado da dupla, tornam-se imbatíveis. Mas o mundo de Ronny é virado às avessas quando inadvertidamente vê Geneva com outro homem. Agora, a sua missão é obter respostas para o eu viu. À medida que a investigação amadora transforma o seu mundo num cômico ringue de luta, descobre que Nick tem alguns segredos por revelar. Com o tempo a correr e a pressão a aumentar para uma das maiores apresentações das suas carreiras, Ronny tem de decidir como e quando irá contar a verdade ao seu melhor amigo.


Um dos filmes mais lindos e mais tristes que já vi, chorei, chorei e chorei! Adoro musicais!
Conquistou três estatuetas na cerimônia de 2013 do Oscar (incluindo de Atriz Coadjuvante para Anne Hathaway)

 Adaptação de musical da Broadway, que por sua vez foi inspirado em clássica obra do escritor Victor Hugo. A história se passa em plena Revolução Francesa do século XIX. Jean Valjean (Hugh Jackman) rouba um pão para alimentar a irmã mais nova e acaba sendo preso por isso. Solto tempos depois, ele tentará recomeçar sua vida e se redimir. Ao mesmo tempo em que tenta fugir da perseguição do inspetor Javert (Russell Crowe).





Esse filme me surpreendeu, vale a pena assisti.

1979. O Irã está em ebulição, com a chegada ao poder do aiatolá Khomeini. Como o antigo xá ganhou asilo político nos Estados Unidos, que haviam apoiado seu governo de opressão ao povo iraniano, há nas ruas de Teerã diversos protestos contra os americanos. Um deles acontece em frente à embaixada do país, que acaba invadida. Seis diplomatas americanos conseguem escapar do local pouco antes da invasão, indo se refugiar na casa do embaixador canadense. Lá eles vivem durante meses, sob sigilo absoluto, enquanto a CIA busca um meio de retirá-los do país em segurança. A melhor opção é apresentada por Tony Mendez (Ben Affleck), um especialista em enfiltrações, que sugere que uma produção de Hollywood seja utilizada como fachada para a operação. Aproveitando o sucesso de filmes como "Guerra nas Estrelas" e "A Batalha do Planeta dos Macacos", a ideia é criar um filme falso, a ficção científica Argo, que usaria as paisagens desérticas do Irã como locação. O projeto segue adiante com a ajuda do produtor Lester Siegel (Alan Arkin) e do maquiador John Chambers (John Goodman), que conhecem bem como funciona Hollywood.

O filme foi indicado para sete prêmios da Academia e ganhou três, de Melhor FilmeMelhor Roteiro Adaptado e Melhor Edição.


O que falar? Simplesmente amei!

O Soldado Invernal encontra Steve Rogers, também conhecido como Capitão América, vivendo tranquilamente em Washington, DC e tentando se ajustar ao mundo moderno. Mas quando um colega da S.H.I.E.L.D. é atacado, Steve se vê preso em uma rede de intrigas que ameaça colocar o mundo em risco. Unindo forças com a Viúva Negra, o Capitão América luta para expor a grande conspiração enquanto enfrenta assassinos profissionais enviados para silenciá-lo a todo momento. Quando a dimensão da trama maligna é revelada, o Capitão América e a Viúva Negra pedem ajuda a um novo aliado, o Falcão. Contudo, eles logo se veem enfrentando um inimigo formidável e inesperado — O Soldado Invernal.



Muito bom! Emoção, ação... Adorei!

No futuro, os mutantes são caçados impiedosamente pelos Sentinelas, gigantescos robôs criados por Bolívar Trask (Peter Dinklage). Os poucos sobreviventes precisam viver escondidos, caso contrário serão também mortos. Entre eles estão o professor Charles Xavier (Patrick Stewart), Magneto (Ian McKellen), Tempestade (Halle Berry), Kitty Pryde (Ellen Page) e Wolverine (Hugh Jackman), que buscam um meio de evitar que os mutantes sejam aniquilados. O meio encontrado é enviar a consciência de Wolverine em uma viagem no tempo, rumo aos anos 1970. Lá ela ocupa o corpo do Wolverine da época, que procura os ainda jovens Xavier (James McAvoy) e Magneto (Michael Fassbender) para que, juntos, impeçam que este futuro trágico para os mutantes se torne realidade.


Anos 1970. O mundo sexy e glamouroso da Fórmula 1 é mobilizado principalmente pela rivalidade existente entre os pilotos Niki Lauda (Daniel Brühl) e James Hunt (Chris Hemsworth). Eles possuíam características bem distintas: enquanto Lauda era metódico e brilhante, Hunt adotava um estilo mais despojado, típico de um playboy. A disputa entre os dois chegou ao seu auge em 1976, quando ambos correram vários riscos dentro do cockpit para que pudessem se sagrar campeão mundial de Fórmula 1.


Angelina, linda, maravilhosa, estonteante! Amei!

Baseado no conto da Bela Adormecida, o filme conta a história de Malévola (Angelina Jolie), a protetora do reino dos Moors. Desde pequena, esta garota com chifres e asas mantém a paz entre dois reinos diferentes, até se apaixonar pelo garoto Stefan (Sharlto Copley). Os dois iniciam um romance, mas Stefan tem a ambição de se tornar líder do reino vizinho, e abandona Malévola para conquistar seus planos. A garota torna-se uma mulher vingativa e amarga, que decide amaldiçoar a filha recém-nascida de Stefan, Aurora (Elle Fanning). Aos poucos, no entanto, Malévola começa a desenvolver sentimentos de amizade em relação à jovem e pura Aurora.



Em Nova York, Helen Harris (Kate Hudson) está fazendo o que sempre sonhou ao trabalhar em uma grande agência de modelos. Sua carreira está em ascensão, com Helen passando seus dias em desfiles de modas e as noites se divertindo nas mais badaladas discotecas. No entanto seu estilo de vida sofre uma enorme transformação ao saber que sua irmã, Lindsay Davis (Felicity Huffman), e o cunhado Paul (Sean O'Bryen) morreram e, por precaução, já tinham escolhido Helen como tutora dos seus filhos caso algo lhes acontecesse. Ela então se vê responsável pelos sobrinhos Audrey (Haden Panettiere), de 15 anos; Henry (Spencer Breslin), de 10 anos; e Sarah (Abigail Breslin) de 5 anos. Ninguém duvida que Helen é a tia mais legal da cidade, mas a grande verdade é que nada sabe sobre criar crianças. Helen logo descobrirá que suas noitadas acabaram, pois agora seu ritmo de vida é ditado pelos sobrinhos. Isto a faz tomar sérias decisões, mas o que ninguém entende é por qual razão ela foi escolhida para cuidar das crianças, pois Jenny Portman (Joan Cusack), sua outra irmã, é uma pessoa que nasceu para cuidar dos filhos.


Emocionante e me prendeu! É aquele tipo de filme que você mal pisca! Amei!

Jordan (Halle Berry) é atendente do sistema de emergência da polícia americana. Determinado dia, atende uma ligação de uma jovem assustada com o fato de que existe um homem tentando invadir sua casa. O caso acaba com o pior final possível e Jordan fica traumatizada. Anos mais tarde, ela se vê diante do mesmo criminoso, que agora ameaça outra garota, Casey (Abigail Breslin).
GOSTOU DO BLOG? SIGA-NOS (VÁ EM: PARTICIPAR DESTE BLOG) E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK.
DEIXE TAMBÉM SEU COMENTÁRIO NO POST! 

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Presentes do Dia das Crianças da Luiza

Olha os presentinhos da princesa, ela amou cada um!  
Ela é nosso presente e benção em nossas vidas! Como é bom vê-la feliz!

 Todo dia é dia dela!





GOSTOU DO BLOG? SIGA-NOS (VÁ EM: PARTICIPAR DESTE BLOG) E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK.
DEIXE TAMBÉM SEU COMENTÁRIO NO POST! 

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Renuncia ( Chris Duran e Nívea Soares )

Bom dia!

E vamos começar a semana com essa linda música, cantada pelo Chris e pela Nívea!

Deus nos abençoe!


Chris Duran: "Jesus me mostrou o caminho da sua salvação me ensinando a renunciar as coisas do mundo e colocar meus olhos nas coisas eternas. Grandes tribulações chegaram por causa de Cristo, mas também grandes vitórias.
Hoje Deus me deu um maravilhoso ministério evangelístico, onde pessoas separadas por Deus reconheceram o meu chamado, mostrando que a fama e o sucesso passaram, mas Jesus é eterno."



Rendido estou em Tua presença
Disposto a aprender de Ti
Com o coração de uma criança
Me lanço em Teus braços de amor

A Tua doce voz me chama
E me ensina Teu viver
Eu vejo a Tua fidelidade
Cumprindo em mim o Teu querer

(Refrão)
Jesus creio em Ti e se for preciso
Abro mão do que for
Pra Te fazer feliz
Ao Te contemplar
Na beleza da Tua santidade
Me torno igual a Ti

Tua vida foi o preço pago por mim

Tudo que sou e tenho
Devo a Ti 

"Obrigado Senhor;
Obrigado pelo q tu tens proporcionado em nossas vidas;
As curas, as tuas promessas, o teu amor, o teu cuidado!
Eu te louvo meu Deus, Aleluia Aleluia!"

"Eu quero ter uma vida de renuncias (eu abro mão de mim)
Abro mão de tudo Deus (por amos a ti Jesus)
Dos aplausos (ajuda-me)
Do reconhecimento das pessoas...!"



GOSTOU DO BLOG? SIGA-NOS (VÁ EM: PARTICIPAR DESTE BLOG) E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK.

DEIXE TAMBÉM SEU COMENTÁRIO NO POST!