segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Aniversário 6 anos da Luiza

Aniversário da minha boneca e eu não poderia deixar passar em branco, o tema dessa vez foi SCOOBY DOO, ela ama!!




Como sempre, foi feito em casa, com familiares e alguns amigos, a decoração foi feita por nós, com inspirações encontradas na internet (lógico rsrs), pq? Pq "poupar" é o que conta, você pode fazer tudo lindo e bem organizado sem precisar gastar muito.



Teve muito TNT e cartolina, só colocamos algumas bolas como "fantasminhas" pra complementar a decoração. Fizemos alguns morcegos, cortamos flores e colamos na parede, meu irmão fez o rosto de Scooby e a casinha mal assombrada em cima do bolo (que encontrei o modelo no google, foi feita de emborrachado). 



Pra colocar os doces e também os salgados em cima da mesa, compramos pratos e copos de acrílico e colamos com cola quente. O bolo só gastei com os ingredientes, os brigadeiros foram feitos por uma amiga e os beijinhos por mim, os salgados também saíram bem em conta.


Outra coisa que fiz e foi bem legal, pra distrair as crianças fizemos algumas brincadeiras, como "morto vivo" por exemplo, e cada criança que ganhou nas brincadeiras, ou seja, 3 crianças, levou de brinde uma lembrança, que eu paguei nada mais que 2,50 cada. Imprimi imagens para colorir da turma do scooby e comprei alguns lápis e giz de cera para as crianças se distraírem. (Infelizmente, na correria, acabei esquecendo de tirar fotos)

O vídeo é a brincadeira que fizemos com Luiza, ela se divertiu demais.


video


Enfim, tudo foi muito simples e feito com muito amor!!


quarta-feira, 6 de julho de 2016

A Moreninha - Joaquim Manuel de Macedo


Sinopse

Filipe, Leopoldo, Augusto e Fabrício são quatro estudantes de medicina e juntos passarão o feriado na casa da avó de Filipe. Augusto, que diz se apaixonar fácil, e por todas, e que essas paixões não duram, apostou que se ficasse apaixonado por uma mulher por mais de quinze dias, escreveria um romance contando a sua história. Ao chegarem, Augusto conhece Dona Carolina (a Moreninha), irmã de Filipe, por quem se encanta e se apaixona, porém, o rapaz fez uma promessa de fidelidade à "sua mulher", uma garota que ele não sabia do seu paradeiro e identidade e que conhecera na infância. Mas, esse empecilho é resolvido no final do livro, causando surpresa aos leitores e personagens do enredo. (Eu "suspeitei desde o princípio" rsrsrsrs)



Eu encontrei essa preciosidade em meio a algumas outros livros na casa dos meus pais e claro que eu não podia deixar passar esse clássico da literatura brasileira, "A moreninha" foi escrito em 1844 e é considerado o primeiro romance brasileiro, e apesar de ter sido escrito há  172 anos, ainda hoje ele faz muito sucesso.
É uma livro pequeno e de uma história linda e cativante, onde podemos ver um pouco dos costumes e tradições da época. Eu não sei se tem edições com uma linguagem atual, mas esse que eu li tem uma linguagem, creio eu, da época, apesar de ter tido alguns momentos que fiquei um pouco perdida por não conhecer e nem entender algumas palavras e expressões.


quinta-feira, 23 de junho de 2016

Presentes da Vida - Emily Giffin

Sinopse



Darcy Rhone sempre teve todos os homens aos seus pés. Tinha um emprego glamouroso, um seleto círculo de amizades e um noivo perfeito, Dexter Thaler. No entanto, tudo mudou quando Darcy se envolveu com o melhor amigo de seu noivo... Seu noivado acabou e perdeu sua melhor amiga, Rachel. Incapaz de assumir responsabilidades e de enfrentar todo esse mal-estar, Darcy foge para Londres, para a casa de um amigo de infância, imaginando que poderia passar uma borracha em tudo isso. Mas, para seu desânimo, Londres se torna um mundo estranho, onde seus truques de sedução não mais funcionam e onde sua sorte parece ter se evaporado. Sem amigos nem família, Darcy precisa dar um rumo à sua vida e, assim, começa uma linda trajetória rumo ao crescimento e ao amor.











Quando comprei o livro percebi uma semelhança ao ver os nomes dos personagens na capa do livro com um filme que eu havia assistido, "O namorado da minha melhor amiga", e achei que poderia ser alguma adaptação que talvez eles haviam mudado o título (o que é difícil de acontecer). Até que pesquisei e vi que havia um primeiro livro, pensei se eu começaria a ler ou não, até que decidi que sim, que mesmo não lendo o primeiro livro, eu havia assistido o filme e que já teria uma noção da história (Isso não quer dizer que não lerei "O casamento da minha melhor amiga"), porém, mesmo se eu não tivesse assistido o filme, o início do livro deixa bem claro o que aconteceu entre Dex, Rachel, Darcy e Marcus.

Depois de todo ocorrido entre todos eles, (não vou dar "spoiler" do outro livro rsrs), Darcy tenta uma vida com o Marcus, o cara que ela acaba engravidando, mas depois dessa tentativa, ela percebe o seu erro e o quanto ele é um verdadeiro babaca, então ela decide viajar e começar uma nova vida, longe de tudo e todos, o problema é que mesmo em um outro país, a sua vida continua em volta da Rachel e do Dex, em tudo ela pensa neles e em tudo ela coloca a culpa neles, sem conseguir perdoar e nem admitir os seus próprios erros. 

É um livro bem grande, com 383 páginas, o que fica difícil de ler se a história não for bem desenvolvida e envolvente. Eu acredito que o problema, para mim, não foi a história, mas a personagem, eu já não gostava dela desde o filme. A Darcy é um verdadeiro pé no saco até um pouco mais da metade do livro, ela é completamente sem noção, fútil, egocêntrica, manipuladora, irresponsável, superficial, egoísta, sempre achando que o mundo tem que está aos seus pés... Ela é aquele tipo de personagem difícil de digerir, então eu li as primeiras 230 páginas enrolando e empurrando com a barriga até que tudo começa a ficar muito interessante e a vida da Darcy dá uma reviravolta. Tudo graças a quem? Ao Ethan, (maravilhoso, sincero, simpático, lindo, inteligente, verdadeiro e que sabe como trazer a Darcy a realidade), que teve a coragem e a audácia de dizer a verdade à Darcy, de como ela era, como ela agia e manipulava as pessoas para conseguir o que ela queria. Por sorte, ela caiu na real e percebeu que realmente precisava ser uma pessoa melhor e é aí que as coisas começam a ficar boas e que eu terminei "devorando" o livro. 

Cada página começou a ficar mais e mais interessante, a Darcy se esforçando para ser melhor para o futuro após a gravidez e até mesmo para o Ethan, seu amigo que a acolheu em Londres. Essa grande amizade se torna mais do que eles esperavam e no final eu me emocionei e adorei, por várias fatores, mas principalmente, pela mudança da Darcy, ela aprendeu a reconhecer os seus erros e entendeu que na vida não precisa se manipular, apenas ser e dar o seu melhor, que as coisas que tiverem de vir, virão, apenas através do esforço e da transparência, com dignidade e responsabilidade e por ela ter descoberto o verdadeiro significado do amor, da amizade e principalmente do perdão.

Enfim, os momentos finais do livro, ou seja, da página 231 em diante (rsrsrsrs), ficou tudo tão bom e interessante que valeu a pena a leitura de todo o livro. 



quinta-feira, 16 de junho de 2016

Trilogia Jogos Vorazes




Ok! Tudo bem! Eu sei que todos já ouviram falar em Jogos Vorazes e provavelmente já leram e/ou assistiram os filmes, mas, tô nem ai (rsrsrsrrss), vamos postar assim mesmo, afinal, o blog é da pessoa aqui e eu posto o que eu quiser. Opa! Calma aí! A pessoa não ta de TPM, só se brincadeira hoje, blz?! :0

Apaixonei-me por Jogos Vorazes quando assistir o primeiro filme e o segundo filme eeeeee então, comprei tooodooos os livros porque eu precisava, necessitava lê-los, "pra já"!

A princípio não gostei do Peeta, quando assistir o primeiro filme, pq achei ele muito bestão e meninão e que a Katniss sempre salvava ele, o que de certa forma não é mentira, os "salvamentos". 

Porém, depois que eu li o primeiro livro eu entendi quem era o Peeta e o que ele significaria para a vida da Katniss. Quando você lê o livro você consegue entender melhor o personagem, porque você acaba entrando na mente dele e sabendo todos os seus pensamentos, o que não acontece nos filmes. Então, entendi o quanto a Katniss precisava do Peeta, porque ele é aquele tipo de cara que te traz pra realidade, sempre com uma palavra certa e na hora certa pra dizer, ele é aquele que traria estabilidade emocional para a Katniss, mesmo depois de tudo que eles passaram.

Katniss é a heroína, maravilhosa, forte, guerreira, que luta pelos seus e pelos outros, determinada e mesmo que muitas vezes sendo ríspida, difícil e com uma personalidade forte, não tem como não se apaixonar por sua força, garra e coragem por lutar pela liberdade de um povo que tem sido oprimido por um governo duro e cruel, onde pessoas inocentes perdem suas vidas em uma arena onde você tem que lutar para sobreviver.

Gale é muito chato! :)



  • Jogos Vorazes:
Este livro é o primeiro de uma bem-sucedida trilogia, comercializada para mais de 20 países, A história se passa em uma nação chamada Panem, fundada após o fim da América do Norte. Formada por 12 distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital, sede do governo. Uma das formas com que demonstra seu poder sobre o resto do carente país é com os 'Jogos Vorazes', uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de 12 a 18 anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte. 

Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido Distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos 'Jogos Vorazes'?

  • Em chamas:
Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações nos distritos dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos – incluindo o próprio Peeta – acreditarem que são um casal apaixonado. 
A confusão na cabeça de Katniss não é menor do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescente vitoriosos – transformados em verdadeiros ídolos nacionais – podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.
Apenas um sobrevive.

  • A esperança
O volume final da trilogia 'Jogos Vorazes', de Suzanne Collins, é exatamente o livro pelo qual os fãs esperavam: complexo, imaginativo e, ao mesmo tempo, brutal e humano. Depois de sobreviver aos jogos por duas vezes, Katniss Everdeen tentará se encontrar no papel de símbolo de uma revolução, enquanto luta para proteger sua mãe e sua irmã no meio de uma guerra. A série, com mais de quatro milhões de exemplares vendidos apenas nos Estados Unidos, é o mais novo fenômeno da literatura jovem dos últimos tempos, e mistura ficção científica com reality show, passando pela mitologia e pela filosofia com muita ação e aventura.

Katniss conseguiu sair da arena pela segunda vez, mas, mesmo assim, ainda não está a salvo. A Capital está irritada e quer vingança e, por isso, inicia uma represália a toda a população. Numa trama tão violenta quanto psicológica, Suzanne Collins consegue provocar, em A esperança, um debate sobre a moral e os valores da guerra e as consequências das escolhas feitas por cada um dos personagens.

Ser o símbolo da revolução tem um preço alto para Katniss, que terá que decidir o quanto da sua própria humanidade e sanidade ela poderá arriscar em nome da causa, dos seus amigos e da sua família. É pela voz da protagonista, ainda mais feroz e obstinada, que a autora desafia o leitor a refletir em meio a cenas cruéis de combate. Tudo isso numa narrativa brilhante, com viradas surpreendentes que levam a um desfecho chocante e original.

Ambientado num futuro sombrio, a saga 'Jogos Vorazes' é pioneira de uma tendência que ganhou força no mercado de bestsellers juvenis: a dos romances distópicos e pós-apocalípticos. As obras renderam à autora Suzanne Collins lugar na badalada lista de 100 personalidades mais influentes do ano da revista Time em 2010. Com narrativa ágil e ousada, os livros da trilogia foram traduzidos para 44 países e vêm atraindo leitores de diversas faixas etárias.




quinta-feira, 9 de junho de 2016

Série Os heróis do Olimpo - Rick Riordan


Os heróis do Olimpo é meio que uma continuação, ou extensão, de Percy Jackson e Os Olimpianos.
Nesse livros encontramos nossos "velhos heróis" e descobrimos novos heróis com novas aventuras e uma nova profecia que envolve 8 semi deuses. 
Eu, particularmente, amei e amei mesmo essa sequência do Percy, saber como ele, a Anabeth e os outros estavam vivendo depois do fim da série foi muito bom.
Vi em redes sociais algumas pessoas reclamando, dizendo que agora o Rick só escreve sobre o Percy, bem, isso não é bem verdade, porque ele tem outras séries escritas como "As Crônicas dos Cranes", "Magnus Chase e os Deuses de Asgard"... Dentre outros. 
Mas, particularmente, amo o Percy está em quase todas porque é um personagem, além dos outros da série, que eu gosto muito.

Então, se você já leu Percy Jackson e os Olimpianos, você vai amar essa série, porque é muito divertida e repleta de aventa e personagens magníficos!



  • O herói perdido:
Novos e conhecidos personagens do Acampamento Meio-Sangue dividem espaço nesse primeiro volume da série Os heróis do Olimpo. Rick Riordan volta ao universo de Percy Jackson e os Olimpianos com ainda mais aventuras, humor e mistério. Depois de salvar o Olimpo do maligno titã Cronos, Percy Jackson e seus amigos trabalharam duro para reconstruir seu mais querido refúgio, o Acampamento Meio-Sangue. É lá que a próxima geração de semideuses terá de se preparar para enfrentar uma nova e aterrorizante profecia. Os campistas seguirão firmes na inevitável jornada, mas, para sobreviver, precisarão contar com a ajuda de alguns heróis, digamos, um pouco mais experientes — semideuses dos quais todos já ouvimos falar... e muito.

  • O filho de Netuno:
A vida de Percy Jackson é assim mesmo: uma grande bagunça de deuses e monstros que, na maioria das vezes, acaba em problemas. Filho de Poseidon, o deus do mar, um belo dia Percy desperta sem memória e acaba em um acampamento de heróis que não reconhece. Agarrado à lembrança de uma garota, só tem uma certeza: os dias de jornadas e batalhas não terminaram. Percy e seus novos colegas semideuses vão enfrentar os misteriosos desígnios da Profecia dos Sete. Se falharem, as consequências, é claro, serão desastrosas. Com início no “outro” acampamento meio-sangue e se estendendo para além das terras dos deuses, esta sequência da série 'Os heróis do Olimpo' apresenta novos semideuses e criaturas incríveis, além de trazer de volta alguns monstros bastante conhecidos.

  • A marca de Antena:
Annabeth está apavorada. Justo quando ela está prestes a reencontrar Percy — após seis meses afastados por culpa de Hera —, o Acampamento Júpiter parece estar se preparando para o combate. A bordo do Argo II com os amigos Jason, Piper e Leo, ela não pode culpar os semideuses romanos por pensarem que o navio é uma arma de guerra grega: afinal, com um dragão de bronze fumegante como figura de proa, a fantástica criação de Leo não parece mesmo nada amigável. Annabeth só pode torcer para que os romanos vejam seu pretor Jason na embarcação e compreendam que os visitantes do Acampamento Meio-Sangue estão ali em missão de paz.
Os problemas de Annabeth não param por aí — ela carrega no bolso um presente da mãe, que veio acompanhado de uma ordem intimidadora: Siga a Marca de Atena. Vingue-me. A guerreira já carrega nas costas o peso da profecia que mandará sete semideuses em busca das Portas da Morte. O que mais Atena poderia querer dela?
O maior medo de Annabeth, no entanto, é que Percy tenha mudado. E se ele já estiver habituado demais aos costumes romanos? Será que ainda precisará dos velhos amigos? Como filha da deusa da guerra e da sabedoria, Annabeth sabe que nasceu para liderar — no entanto, também sabe que nunca mais vai querer viver sem o Cabeça de Alga.
Na aguardada sequência da série 'Os heróis do Olimpo', do best-seller Rick Riordan, Percy Jackson e seus amigos semideuses mais uma vez correm em direção ao perigo para tentar salvar seus acampamentos, os deuses e o mundo inteiro. Narrado por Percy, Annabeth, Piper e Jason, A Marca de Atena é uma jornada inesquecível até Roma, recheada de importantes descobertas, sacrifícios surpreendentes e terrores indescritíveis.

  • A casa de Hades:
Hazel está diante de uma encruzilhada. As forças de Gaia estão decididas a impedi-los de avançar e alcançar seu objetivo: chegar à Casa de Hades, nas terras antigas, para resgatar Percy e Annabeth e fechar definitivamente as Portas da Morte, impedindo os monstros de retornarem ao mundo mortal. Ela e o que restou da tripulação do Argo II sabem o que precisa ser feito, mas todos os caminhos parecem levar ao fracasso de sua missão. Entretanto, eles precisam se decidir e agir rápido. O tempo está passando. A sanguinária Mãe Terra escolheu o dia primeiro de agosto para o seu despertar.
No Tártaro, Annabeth e Percy passam por grandes dificuldades. Famintos, com sede e feridos, mal conseguem andar pelo território sombrio e venenoso repleto de inimigos que espreitam na escuridão. Não há como descobrir onde ficam as Portas da Morte. E mesmo que soubessem sua localização, uma legião formada pelos monstros mais poderosos e fiéis a Gaia estará lá para guardá-las. Nesse momento, Annabeth e Percy não estão em condições de enfrentá-los em um combate.


Apesar da enorme desvantagem, Hazel, Annabeth, Percy e os outros semideuses da profecia sabem que sua única opção é tentar o impossível. Quando os riscos são maiores do que nunca, é somente a amizade entre os semideuses gregos e romanos, aprendendo a trabalhar juntos, que poderá salvar não só os acampamentos, mas também o mundo.
Primeiro livro do autor a ser lançado no Brasil na mesma data do lançamento norte-americano.

  • O sangue do Olimpo:
No desfecho da série Os heróis do Olimpo, os tripulantes gregos e romanos do Argo II têm feito progresso em suas constantes missões, mas ainda não estão nem perto de vencer a sanguinária Mãe Terra, Gaia. Os gigantes estão de volta — mais fortes do que nunca —, e os semideuses precisam impedi-los antes da Festa de Spes, momento em que Gaia planeja despertar, derramando o sangue do Olimpo. Para piorar, visões frequentes da terrível batalha no Acampamento Meio-Sangue assombram os sete semideuses. A legião romana do Acampamento Júpiter, comandada por Octavian, está se aproximando das fronteiras do acampamento grego. Por mais que seja tentador usar a Atena Partenos como arma secreta contra os gigantes, eles sabem que a estátua é necessária em Long Island, onde talvez consiga impedir uma guerra entre os acampamentos. A Atena Partenos irá para o oeste, enquanto o Argo II segue para o leste. Os deuses, ainda sofrendo com a dupla personalidade, não podem ajudar. Como os jovens conseguirão vencer sozinhos um exército de gigantes? A viagem para Atenas é perigosa, mas não há outra opção. Eles já sacrificaram muito para chegar onde estão. E se Gaia despertar, será o fim

quarta-feira, 1 de junho de 2016

A coroa - Kiera Cass



Eadlyn, a primogênita e herdeira da coroa real de Illéa, tem uma grande decisão pela frente. Em "A Herdeira" conhecemos a filha do nosso casal preferido, América e Maxon, sempre dona de si, com uma personalidade forte, bastante arrogante e se achando a dona do mundo, a vida de Eadlyn dá uma reviravolta quando ela começa "A seleção" para escolher quem será o homem que ficará ao seu lado, mesmo conhecendo em parte a grande história de amor dos seus pais, Eadlyn não acredita que conseguirá encontrar o grande amor da sua vida em meio a 35 garotos, o que ela não sabe, é que a vida é cheia de surpresas e muitas vezes o nosso coração pode, sim, nos enganar e nos levar por caminhos totalmente diferentes.


Em "A coroa" vemos uma Eadlyn mais humana, mais maleável, mais fácil de lidar, mais generosa... Vemos claramente como a vida de cada um daqueles garotos a mudou e a fez enxergar o mundo e as pessoas de forma completamente diferente.

Ela precisa tomar uma decisão difícil, que não só mudará toda a sua vida, mas também um país e aqueles que estão ao seu redor. O coração dela prega uma verdadeira peça e algo inesperado e surpreendente acontece, mostrando que acima de qualquer coisa, até mesmo da coroa, o amor é o maior e mais surpreendente sentimento que existe.



Eu, definitivamente, não estava pronta para ler "A coroa" e nem para o fim de "A Seleção" e eu só me dei conta disso quando terminei de ler o quinto e último livro dessa série incrível.
Ontem estava no face e vi uma postagem, que eu acabei achando que estava dando uma dica sobre quem a Eadlyn escolheria, eu na hora surtei e assim que sai do trabalho fui comprar esse livro.

Eu devorei página por página e acabei de ler era quase 2hr da madruga. Comecei a ler querendo chorar e me emocionei em vários momentos. O que dizer? Eu não sei quais são os sentimentos que se passaram por mim, porque na verdade, a Eadlyn não escolheu quem eu imaginava. Eu estava fazendo de tudo para não pegar um Spoiler, então comecei a ler achando que ela ficaria com o meu preferido, mas no final foi completamente diferente do que eu poderia vir a imaginar.

Eu estou tão ansiosa, triste, feliz, surpresa... Que depois que terminei levei um bom tempo para conseguir dormir. Eu não sei se a Kiera me surpreendeu, não sei o que dizer sobre isso, na verdade, a escolha da Eadlyn foi totalmente fora dos padrões estabelecidos pela Seleção e confesso que quando li "A Herdeira", ele foi um personagem que gostei muito e que eu torceria ardentemente por ele, se não fosse por sua posição, e por um breve momento, isso passou pela minha cabeça, mas depois acabei me esquecendo e não pensando mais nisso. Mas no decorrer desse último livro, muitas coisas mudaram e os sentimentos da Eadlyn acabaram se revelando e se encontrando com esse personagem magnífico.

Ficou a decepção, bem lá no fundo, apesar de não ter criado expectativa, até aquela "dica" enganosa, mas eu gostei muito, muito mesmo da escolha da Eadlyn. Vem circulando pela net um epílogo extra, o que me fez querer derramar várias lágrimas, a Josie, lembra dela? Filha da Marlee, digamos que ela consegue mais do que ela queria. :)

Eu não posso dizer que a Eadlyn fez uma escolha errada, de forma alguma, ela se casou com quem ela amava e pelo que vi no epílogo, com certeza ela está feliz com sua escolha, sua família e sua coroa.

Na verdade, to querendo reler os momentos finais desse livro, para tentar absorver melhor tudo que aconteceu, foi muita coisa, muita informação, muita emoção, muitos sentimentos, muita "loucura"... Muito tudo!

Eu amo "A seleção"!!!!

Kiera Cass... O que vamos fazer sem mais de "A Seleção"????

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Aniversário 5 anos Luiza

Eu sei que tô atrasada... Era pra eu ter postado essa foto há 5 meses mas acabou me passando. A princesa pediu aniversário da Frozen e fizemos o possível para presenteá-la nesse momento tão especial. Foi tudo muito simples, mas com muito amor. Com apenas a família e algumas pessoas mais próximas! 


Pra minha filhinha mais linda! 

"Ter você em nossas vidas é mais que um presente! Cada sorriso seu, cada gesto, cada momento ao seu lado nos faz sentir um pouco mais do amor de Deus por nós e como somos gratos à Ele por nos proporcionar momentos tão maravilhosos ao seu lado e nos permitir tê-la em nossas vidas! Te amo do tamanho do universo!" 


                                                                         Ela e o Bisavô.




O bolo foi encomendado e ficou um encanto!


Os avós.


Peguei na net o modelo do castelo e meu irmão fez pra ela, não ficou lindo?!